Polícia

Corretor vai a julgamento acusado de matar auxiliar de farmácia em Teresina

A data para o julgamento será 20 de outubro e foi designada pelo juiz Antônio Reis de Jesus Nollêto, da 1ª Vara do Tribunal Popular do Júri.
01/10/2021 10h42 - atualizado

O corretor de veículos Pedro Teixeira Soares Neto, acusado de matar o auxiliar de farmácia Thiago Klayve Santos de Sousa, de 17 anos, em setembro de 2020, será julgado pelo Júri Popular no próximo dia 20 de outubro em Teresina.

A data para o julgamento foi designada pelo juiz Antônio Reis de Jesus Nollêto, da 1ª Vara do Tribunal Popular do Júri. A sessão está marcada para acontecer às 8h30.

Segundo a acusação, Thiago Klayve foi baleado na tarde do dia 21 de setembro de 2020, na Avenida Maranhão, região centro/sul da capital, foi socorrido, mas acabou não resistindo e morreu no Hospital de Urgência de Teresina (HUT).

Conforme o Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP), na tarde do dia 21 de setembro de 2020, a vítima foi até a Avenida Maranhão, região centro/sul, lavar sua motocicleta e, um carro vermelho se aproximou de Thiago e o suspeito efetuou vários tiros contra ele.

Ainda de acordo com a Polícia Civil, Pedro foi preso oito dias depois do crime, durante uma operação da Polinter de combate ao crime de roubo de veículos em Teresina. Ele estava na companhia de outro suspeito, quando foi abordado pelos policiais com um carro roubado.

Ao checar informações, a Polinter constatou que havia um mandado de prisão temporária em aberto contra Pedro, acusado matar Thiago Klayve Santos.

Mais na Web