Piauí

Governo do Piauí decreta luto oficial pela morte de Dom Miguel

A prefeitura de Teresina também se solidarizou com o falecimento de Dom Miguel e decretou luto oficial durante três dias.
29/06/2018 09h49 - atualizado

O governo do Piauí decretou luto oficial nessa quinta-feira (28), após a morte do arcebispo emérito Dom Miguel Fenelon Câmara Filho. O arcebispo de Teresina faleceu na tarde de ontem (28), aos 93 anos, por complicações decorrentes de pneumonia.

  • Foto: DivulgaçãoDom Miguel Câmara.Dom Miguel Câmara.

Dom Miguel estava internado em Teresina, no Hospital de Terapia Intensiva (HTI-Sul), desde o dia 03 de junho para tratar da doença. Após publicar nota de pesar, o governo decretou luto oficial no estado durante três dias a partir dessa quinta-feira (28).

A prefeitura de Teresina também se solidarizou com o falecimento de Dom Miguel, que atuou como arcebispo do município durante 16 anos. A nota da prefeitura destacou que o arcebispo era considerado o “defensor dos excluídos, homem de muita fé e possuidor de grande amor pela cidade de Teresina”, que “se notabilizou pela defesa dos direitos dos mais humildes”.

O luto oficial também foi decretado pela prefeitura, durante três dias a partir de quinta-feira (28), “em memória ao grande amor de Dom Miguel Câmara pela nossa cidade”.

Mais conteúdo sobre:

Mais na Web