Polícia

Justiça manda soltar dupla que estuprou e matou criança a pauladas

Clauberte, que era padrasto de Renasço, confessou ter assassinado o menino de cinco anos para se vingar da ex-mulher.
  • DA REDAÇÃO
12/11/2019 17h45 - atualizado

Clauberte Almeida Araújo e o irmão Francisco Garcês Silva, que confessaram ter assassinado uma criança de cinco anos, foram soltos por determinação da Justiça do Maranhão. O crime aconteceu no ano de 2017 no Povoado Sapucaial, em Presidente Vargas, no Maranhão.

  • Foto: DivulgaçãoJustiça manda soltar dupla que estuprou e matou criança a pauladas no MaranhãoJustiça manda soltar dupla que estuprou e matou criança a pauladas no Maranhão.

O menino chamado Renaço foi morto a pauladas e estuprado pela dupla. De acordo com informações, os irmãos usaram a desculpa de que iram “matar passarinhos” para atrair a criança até a beira de um rio.

Ao chegar no local, o menino foi moto a pauladas e estuprados pelos dois irmãos. Após assassinarem o garoto, Clauberte e Francisco enterraram o menino em uma cova rasa. Clauber era padrasto da vítima, e confessou no depoimento que matou o menino para se vingar da ex-mulher.   

Mais na Web