Política

MDB indica deputado João Mádison para presidir CCJ da Alepi

O deputado Marden Menezes também falou do interesse de seu partido, o PSDB, de ocupar as comissões estratégicas.
24/02/2018 09h03 - atualizado

O deputado estadual João Mádison (MDB) confirmou que foi indicado pelo partido para assumir a presidência da CCJ da Assembleia Legislativa do Piauí. O assunto foi comentado na Alepi. 

  • Foto: AlepiDeputado João Mádison.Deputado João Mádison.

“O presidente da Assembleia, o deputado Themístocles, está exigindo que os líderes indiquem seus representantes para as comissões pelo menos para a Comissão de Constituição de Justiça e a Comissão de Administração, para que nós possamos começar a impulsionar esta Casa, além de projetos importantes que precisam ser votados”, falou o deputado em entrevista à TV Clube, no dia16 de fevereiro.

João Mádison disse também que para a formação das comissões na Alepi, deve ser considerado a proporcionalidade de deputados com assento na Casa.

“Nós sempre respeitamos o direito da minoria. Vai haver sempre uma discussão, isso é muito normal, mas sempre respeitando o direito da minoria. É lógico que quando você tá em uma ano eleitoral, você tem os ânimos um pouquinho mais alterados, mas sempre buscando o diálogo”, proferiu.

O deputado Marden Menezes, que também participou da entrevista, falou do interesse de seu partido, o PSDB, de ocupar as comissões e falou da regra de ocupação delas.

  • Foto: Ascom/AlepiDeputado Marden MenezesDeputado Marden Menezes

“Na verdade se a gente pudesse, nós ocuparíamos os melhores pontos estratégicos no que tange as comissões. A questão é que isso é definido mediante a proporcionalidade de cada bancada. Nós estamos aguardando a definição de todos os blocos partidários para que as divisões possam ser feitas dentro do colegiado de líderes das bancadas”, comentou.

Quantos aos deputados que poderão ocupar os cargos, Marden disse que ainda não há nada definido. “Nós ainda não apresentamos nomes. Ontem (15), as últimas bancadas comunicaram à Mesa Diretora os seus líderes. A partir de agora, é que esses colégios de lideranças vão sentar para poder indicar os seus representantes”, concluiu.

Mais na Web