Saúde

Médicos da rede pública paralisam atividades na próxima terça no Piauí

O protesto foi decidido após assembleia do Sindicato dos Médicos do Estado, nessa quarta-feira (10).
11/11/2021 19h45 - atualizado

O Sindicato dos Médicos do Estado do Piauí (SIMEPI) informou que os profissionais da saúde da capital e do estado realizarão paralisação das atividades, em forma de advertência, nesta próxima terça-feira (16). A medida foi decidida após assembleia realizada pela categoria.

  • Foto: Divulgação/SIMEPIAssembleia realizada por profissionais da saúde.Assembleia realizada por profissionais da saúde.

Conforme o SIMEPI, durante a assembléia realizada nesta quarta-feira (10) a pauta debatida foi a condição dos médicos que executam trabalhos para a Fundação Municipal de Saúde (FMS), em Teresina, assim como para a Secretaria Estadual de Saúde (SESAPI). O órgão foi procurado por diversos profissionais da saúde que reclamavam sobre o corte em seus vencimentos.

Na ocasião os profissionais informaram sobre os problemas referentes aos vínculos de trabalhos precários devido aos processos seletivos executados por prefeituras ou ainda pela Secretaria Estadual de Saúde (SESAPI).

Ainda segundo a SIMEPI, a categoria decidiu pela paralisação dos serviços realizados pela rede pública de saúde, mesmo com a paralisação os serviços de urgência e emergência deverão continuar funcionando.

Por fim a SIMEPI informou que dentre as reivindicações da categoria, os profissionais da saúde pedem a realização de concurso público, além de aplicação da progressão da carreira médica e o pagamento do piso salarial, que é definido pela Federação Nacional dos Médicos (PISO FENAM).

Mais na Web