Piauí

Ministro das Cidades libera mais de R$ 188 milhões para Teresina

Alexandre Baldy anunciou hoje R$ 750 milhões para 71 cidades do Piauí.
03/07/2018 17h39 - atualizado

O prefeito Firmino Filho e o ministro das Cidades, Alexandre Baldy, assinaram a liberação de R$ 124 milhões para a construção de obras de habitação em Teresina junto à Caixa Econômica Federal. Outros R$ 64 milhões serão liberados para obras de mobilidade urbana. A solenidade aconteceu na manhã desta terça-feira (03), na sede da Associação Piauiense de Prefeitos Municipais (APPM). Outros 70 municípios piauienses também estão sendo contemplados com recursos.

  • Foto: ViagoraAlexandre Baldy, ministro das cidades.Alexandre Baldy, ministro das Cidades.

Também participaram do evento o senador Ciro Nogueira, o presidente da APPM, Gil Carlos, representantes da Caixa e das prefeituras contempladas, membros da bancada piauiense e do governo do estado.


"Vamos construir 1.022 unidades do Minha Casa, Minha Vida no Parque Brasil prioritariamente para famílias que moram em área de risco na zona norte da cidade. Esse dinheiro também será investido na qualificação dos corredores de ônibus como também levando essas melhorias para o centro da cidade. Afinal de contas, a grande maioria dos passageiros são destinados ao centro e é necessário que possamos qualificar os espaços, melhorando as calçadas e praças para que a população possa caminhar com segurança, assim como também qualificar as estações do centro", disse o prefeito Firmino Filho.

Além da construção do conjunto habitacional no bairro Parque Brasil, que custará cerca de R$ 124 milhões, a Prefeitura usará o valor liberado na revisão do Plano Diretor de Mobilidade Urbana, com custo de R$ 2,843 milhões; implantação do Corredor/Faixa exclusiva Sul III, com uso de R$ 25 milhões aproximadamente; revitalização das ruas Coelho Rodrigues e Simplício Mendes, no centro da cidade, com custo de R$ 30,484 milhões; e requalificação das vias do entorno da avenida Barão de Gurgueia, onde serão investidos R$ 9,712 milhões.

Durante a solenidade, o ministro Alexandre Baldy disse que as obras servirão para garantir a casa própria, obras de mobilidade urbana, de saneamento e recuperação de encostas, recuperação de áreas degradadas na cidade de Teresina.

“O governo federal investiu no Piauí e em especial na cidade de Teresina mais de R$ 1 bilhão nos últimos 12 meses em contratos que estão ou estarão sendo celebrados e hoje 71 cidades estão sendo prestigiadas com cerca de R$ 750 milhões para todos os cidadãos piauienses que estão sendo aqui muito bem cuidados. Os recursos já estão disponíveis para que as prefeituras possam investir", afirmou.

Habitação 
O residencial receberá famílias reassentadas pelo Programa Lagoas do Norte e está localizado a apenas quatro quilômetros de distância das regiões que receberam intervenções e terá uma área de aproximadamente 250 mil m².  Mais de mil famílias serão assentadas no local. 
Com o projeto desenvolvido em parceria pela equipe do PLN e do Banco Mundial, este residencial terá características que o diferenciam dos demais projetos do MCMV, como uma maior preocupação com a urbanização, calçadas mais largas, quadras desenhadas para facilitar o acesso ao transporte público, entre outras.

Mobilidade

Além dos recursos do Minha Casa Minha Vida, quatro ações da Prefeitura de Teresina foram pré-selecionadas para receber financiamento de R$ 64 milhões para obras de mobilidade, através do Programa Avançar Cidades, também do Governo Federal. O financiamento contemplará obras de mobilidade no Centro e zona Sul da capital, principalmente com requalificação de vias, além da revisão do Plano Diretor de Mobilidade Urbana.

Mais na Web