Polícia

Operação da PF cumpre mandados no Clube Sat e na sede do PSC em Teresina

A ação foi deflagrada na manhã desta sexta-feira (28). A PF cumpre 12 mandados de busca e apreensão.
28/08/2020 08h00 - atualizado

Na manhã  desta sexta-feira (28), a Operação deflagrada pela Polícia Federal que afastou, por ordem do Superior Tribunal de Justiça (STJ), o governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC), do cargo, tem desdobramentos em Teresina.

A Polícia Federal cumpre 12 mandados de busca e apreensão no portal Clube Sat e na sede do PSC do Piauí, localizada no bairro Ilhotas.

  • Foto: Luís Marcos/ViagoraPF cumpre mandados na sede do PSC em Teresina.PF cumpre mandados na sede do PSC em Teresina

No Piauí, o partido é presidido pelo advogado e empresário Valter Alencar, que é pré-candidato a prefeito da capital. No início de 2019, Valter foi nomeado como assessor especial do governador do Rio.

Segundo a Polícia Federal, a operação denominada Tris in Idem tem como finalidade desarticular organização criminosa voltada ao desvio de recursos públicos, especialmente em contratos firmados para gestão de saúde e para o combate à pandemia da Covid-19.

  • Foto: Luís Marcos/ViagoraOperação da PF em Teresina nesta sexta-feira (28)Operação da PF em Teresina nesta sexta-feira (28)

Na ação, participam cerca de 380 Policiais Federais que dão cumprimento a seis mandados de prisão preventiva, dez mandados de prisão temporária, e 82 mandados de busca e apreensão, nos Estados de Alagoas, Espírito Santo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Sergipe, São Paulo e Piauí, além do Distrito Federal. 

  • Foto: Luís Marcos/ViagoraPolícia Federal cumpre mandados na sede do PSC em TeresinaPolícia Federal cumpre mandados na sede do PSC em Teresina

De acordo com a PF, os investigados responderão na medida de suas participações, pelos crimes de organização criminosa, da Lei 12.850/2013; peculato, corrupção ativa e corrupção passiva, previstos no Código Penal Brasileiro; e "lavagem de dinheiro", da Lei 9.613/1998.

  • Foto: Luís Marcos/ViagoraOperação da PF em TeresinaOperação da PF em Teresina

Outro lado

A advogada Ravena Mendes disse a imprensa que o empresário Valter Alencar irá se pronunciar através de nota posteriormente sobre a operação.

"O Doutor Valter teve um cargo de confiança no governo do Rio, do qual ele se afastou há mais de um ano. Eles estão realizando essa operação e a gente está colaborando. Eles foram no portal, mesmo o veículo nao tendo nenhum tipo de ligação com Dr Valter, nem com o PSC, ele não é sócio. Doutor Valter vai se pronunciar através de nota depois".

Mais na Web