Polícia

Polícia indicia Marcos Vitor por estupro contra duas irmãs e prima

No último dia 07 de outubro a justiça, decretou a prisão preventiva do estudante de medicina que até agora não foi localizado.
  • LETÍCIA DUTRA
15/10/2021 15h40 - atualizado

A delegada titular da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA), Camilla Miranda, informou nesta sexta-feira (15), que concluiu o inquérito referente aocaso do estudante de Medicina Marcos Vitor Aguiar Dantas Pereira. O acusado foi indiciado pelo crime de estupro contra as irmãs de 3 e 9 anos e a prima de 12 anos de idade.

De acordo com a delegada, Marcos Vitor continua foragido e que desde a decretação da prisão preventiva não houve nenhum contato da defesa com o obejtivo de apresentar o cliente.

  • Foto: Divulgação/InstagramMarcos Vitor Aguiar Dantas Pereira.Marcos Vitor Aguiar Dantas Pereira.

No dia 07 de outubro, o juiz Valdemir Ferreira Santos, da Central de Inquéritos de Teresina, decretou a prisão preventivade Marcos Vitor Aguiar Dantas Pereira.

Segundo a polícia, ainda na mesma data em que sua prisão foi decretada havia o agendamento do depoimento do acusado, porém, o mesmo não compareceu á Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente, conforme acordado pela defesa.

PF no caso

Nessa terça-feira (12), a Polícia Federal emitiu um alerta para os aeroportos após o estudante de medicina, suspeito de estuprar crianças em Teresina, ter sido considerado foragido pela polícia.

A Polícia Federal informou através de nota que foi acionada em virtude da possibilidade de tentativa de fuga do suspeito para o exterior e que todas as unidades da polícia nas fronteiras aéreas e terrestres foram comunicadas e encontram-se em alerta

Mais na Web