Polícia

PRF prende em Goiás suspeitos de assaltar joalheria Rubi em Teresina

A PRF prendeu três homens, dois colombianos e um venezuelano, na cidade de Catalão (GO), suspeitos de furtar a joalheria Rubi no Teresina Shopping.
23/02/2021 09h03 - atualizado

Na tarde dessa segunda-feira, 22 de fevereiro, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu três homens, dois colombianos e um venezuelano, na BR-050, em Catalão, no estado de Goiás.

De acordo com informações da PRF, por volta das 17h, policiais rodoviários federais abordaram um veículo modelo Fiat Uno na rodovia. O veículo já vinha sendo monitorado pela PRF, integrado ao Grupo de Repressão ao Crime Organizado do Piauí (Greco) e Polícia Militar de Goiás, Distrito Federal e Piauí.

Eles são suspeitos de furtar uma joalheria no Teresina Shopping,  na capital piauiense, uma loja de celulares em um shopping de São Luís (MA) e de utilizar documentos falsos para alugar o veículo utilizado na fuga, além de integrarem uma quadrilha de furtos a shoppings centers. Os presos foram reconhecidos pelas imagens de câmeras de monitoramento.

Os suspeitos fugiram da Região Nordeste após os delitos e tinham como destino a capital do estado de São Paulo.

Apenas no furto realizado na joalheria Rubi em Teresina, o prejuízo causado pelas ações criminosas da quadrilha já ultrapassa um milhão de reais.

A equipe da PRF encaminhou os presos para a Central de Flagrantes em Catalão e os estrangeiros responderão por furto qualificado, uso de documentos falsos e formação de quadrilha.

Mais na Web