Piauí

Procon autua postos de combustíveis de Teresina por reajuste ilegal

Segundo o Programa de Proteção ao Consumidor, os postos que estão sendo penalizados têm 15 dias para justificar a elevação no valor do litro.
26/10/2021 12h30 - atualizado

Nesta terça-feira (26), o Programa de Proteção ao Consumidor (Procon) no Piauí está realizando, em Teresina, uma ação que visa fiscalizar e autuar postos de gasolina que estão aumentando o preço dos combustíveis, pouco tempo após o anúncio do aumento nas refiarias.

Segundo informações do Procon, até o momento sete postos foram autuados pela equipe na capital. Ainda conforme o Procon, os estabelecimentos já estavam aumentando o preço antes de receber a mercadoria.

O órgão informou que a prática de reajuste nas bombas antes do recebimento do produto com o valor aumentado configura prática abusiva contra o consumidor

  • Foto: Luis Marcos/ ViagoraGasolinaGasolina

Segundo o Programa de Proteção ao Consumidor, os postos que estão sendo penalizados têm 15 dias para justificar a elevação no valor do litro.

Durante a vistoria, o Procon encontrou empresas que no dia anterior estavam R$ 6,78 e hoje estão cobrando R$ 7,29 na gasolina comum.

Mais conteúdo sobre:

Mais na Web