Saúde

Vacinação de cães e gatos contra raiva será no sábado em Teresina

Segundo a FMS, a meta é vacinar cerca de 67.883 animais da capital. Outros 136 pontos das zonas Norte e Leste estarão disponíveis para a vacinação.
  • LETÍCIA DUTRA
26/10/2021 16h34 - atualizado

A Fundação Municipal de Saúde (FMS) anunciou que a campanha de vacinação antirrábica para cães e gatos tem início a partir deste sábado (30) em Teresina. A abertura da campanha será realizada a partir das 8h:30 na Unidade Escolar Firmina Sobreira, situada na rua Desembargador Flávio Furtado, na Praça do Poti Velho, zona Norte da capital. Outros 136 pontos das zonas Norte e Leste estarão disponíveis para a vacinação.

Segundo a FMS, a meta é vacinar cerca de 67.883 animais da capital. No próximo sábado (06/11), a vacinação segue sendo aplicada nos pontos localizados na zona Sul e Sudeste de Teresina contemplando pelo menos 60.095 gatos e cães. Os animais da zona rural também serão atendidos ainda no mês de novembro.

Ainda segundo a FMS, foi instituído esta logística por datas para as diferentes zonas visando atender a demanda de animais em mais pontos de vacinação, dessa forma facilitando a distribuição da vacina contra a raiva.

A vacinação é elaborada com vírus atenuado, 2% de tecido nervoso e conservantes a base de fenol e timerosol, ela é gratuita e segura, considerando que é a única forma de prevenir o animal contra a doença que também pode ser transmitida para humanos por meio de mordidas e arranhaduras de mamíferos contaminados pelo vírus, podendo levar a óbito.

Paulo Marques, gerente de Zoonoses da FMS, destacou a importância da vacina e informou que os animais a partir de três meses de idade poderão ser imunizados neste sábado (30).

“Essa vacina é muito importante para que cães e gatos fiquem vacinados contra a raiva, que é uma doença grave e por isso tutores de cães e gatos das zonas Norte e Leste devem levar seus animais a um dos postos de vacinação”, explica Paulo Marques.

A doença viral, conhecida como raiva, que acomete os animais pode ser evitada através desta vacinação antirrábica e além de ser transmitida pelos animais domésticos, pode ser transmitida por animais silvestres como furões, raposas, coiotes, guaxinins, gambás e morcegos. A campanha reforça que somente cães e gatos poderão receber a vacina, pois os animais domésticos possuem maior vivencia com os humanos, seus donos.

Mais na Web