Viagora

Defesa Civil notifica 170 famílias em áreas de risco em Teresina

O órgão afirmou que a equipe intensificou os trabalhos de monitoramento e atendimento em decorrência das chuvas do início do ano.

De acordo com relatório divulgado pela Defesa Civil de Teresina, o órgão realizou 170 notificações a famílias que vivem em áreas de risco de alagamentos somente entre janeiro e março de 2019 na capital, para que essas famílias deixassem as suas residências. O documento ainda relata que foram realizadas 21 remoções de famílias das casas, por conta do risco grave de desabamento.

O órgão afirmou que a equipe intensificou os trabalhos de monitoramento e atendimento em decorrência das chuvas do início do ano. A Defesa Civil Municipal reforça que a população deve manter relação próxima com a equipe, por meio de ligação gratuita para o número 153.

Domingos, coordenador da Defesa Civil de Teresina, reforça que o contato da população com a equipe amplia o alcance do monitoramento e permite um relatório com maior rapidez e eficiência. “É importante que se tenha prudência. Para aqueles que já estão em deslocamento a recomendação é que procurem um lugar seguro, parem e aguardem não só a passagem da chuva, mas também que a água seja drenada das ruas e avenidas, e se tenha uma visualização do local onde se anda, evitando acidentes”, explica.

“Para os que moram em áreas de risco principalmente de alagamentos é importante monitorar o terreno e onde se deposita o lixo, que pode entupir galerias e afetar a região. Uma vez alagada a casa, ocorre a infiltração que pode acarretar no desabamento parcial ou total da residência. A Defesa Civil faz essas recomendações para que se tenha mais segurança e preservação da vida”, complementa Sebastião Domingos.

Todas as famílias removidas de suas residências por comprovação da precariedade do local são imediatamente cadastradas no programa Cidade Solidária e recebem auxílio emergencial da Prefeitura de Teresina. A ação acontece em parceria com a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitação (SEMDUH) e tem como objetivo atender famílias em situações emergenciais de desabrigamento em consequência de chuvas, incêndios, alagamentos e outros tipos de infortúnio. O apoio se dá por meio do aluguel social.

Mais conteúdo sobre:

Teresina

Piauí

Defesa Civil de Teresina

Facebook
Indicado para você
Veja também