Viagora

Homem é atingido com golpes de faca e baleado em Campo Maior

De acordo com informações da Polícia Militar, o caso aconteceu na noite dessa segunda-feira (27), no bairro Matadouro.

Na noite dessa segunda-feira (27), um homem identificado como Sebastião, foi atingido por disparos de arma de fogo e esfaqueado  no bairro Matadouro em Campo Maior.

Conforme informações repassadas ao Viagora pelo Major Etevaldo da Polícia Militar, a guarnição foi acionada por volta de 21h para atender a ocorrência.

Segundo o PM, o homem possui várias passagens por crimes como furto, roubo e por homicídio. Sebastião é acusado de matar a ex-companheira no ano de 2019.

De acordo com o major, a motivação do crime praticado por dois sobrinhos da vítima é a vingança pela morte da tia.

“Ele na verdade tem várias passagens por furto, roubo, ele já cumpre pena no presídio por um homicídio que aconteceu em 2019. Ele também é acusado de ter assassinado a esposa em 2019 e ontem sobrinhos dessa mulher foram ao encontro dele e quiseram vingar a morte da tia”, explicou o major.

Conforme o major, o homem foi atingido por disparos de arma de fogo e golpes de faca e precisou ser socorrido por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) no qual foi encaminhado primeiro a um hospital de Campo Maior e depois para o Hospital de Urgência de Teresina (HUT).

“Eles efetuaram disparos de arma de fogo contra ele e o outro deu uma facada nele, então ele foi atingido por golpes de faca e disparos de arma de fogo, mas ele foi socorrido pelo SAMU foi encaminhado para o HUT”, afirma o PM.

Conforme a polícia, os dois autores do crime foram identificados por Sebastião que afirmou durante conversa com a Polícia Militar que os sobrinhos estariam esperando ele chegar em sua residência para consumar o crime se vigando da morte da tia.

“Na verdade, o que motivou essa agressão foi isso aí, porque quando nós chegamos lá ele estava lá já debilitado no chão, agonizando, e nós pedimos o socorro no SAMU e enquanto isso a gente conversou com ele, ele deu o nome das pessoas, que já foram identificados, e disse que o motivo teria sido pelo que aconteceu em 2019”, destacou o major.

Ainda conforme o major, no dia do crime o acusado empurrou a mulher na rua e com o impacto da queda a vítima sofreu um traumatismo craniano e veio a óbito.

"Em 2019 ele empurrou a ex-companheira dele no meio da rua, perto do mercado de Campo Maior, e ela caiu e bateu com a cabeça no chão e deu traumatismo craniano e veio a óbito. Depois disso ele começou a ser ameaçado pelos familiares da ex-mulher e ontem eles encontraram com ele, ficaram esperando ele chegar em casa e atiraram nele e esfaquearam”, explicou.

A Polícia Civil vai investigar o caso.

Facebook
Indicado para você
Veja também