Viagora

Mulher é assassinada a facadas no bairro Ilhotas em Teresina

De acordo com testemunhas, o crime aconteceu na manhã desta terça-feira (25) próximo ao Colégio Mérito D'Martonne.

  • Luis Marcos/ Viagora Mulher assassinada a facadas no bairro Ilhotas em Teresina 1 / 6 Mulher assassinada a facadas no bairro Ilhotas em Teresina
  • Luis Marcos/ Viagora Mulher assassinada a facadas no bairro Ilhotas em Teresina 2 / 6 Mulher assassinada a facadas no bairro Ilhotas em Teresina
  • Luis Marcos/ Viagora Homicídio 3 / 6 Homicídio
  • Luis Marcos/ Viagora Iml 4 / 6 Iml
  • Luis Marcos/ Viagora Paulo Roberto, Sub comandante do 1º batalhão da PM 5 / 6 Paulo Roberto, Sub comandante do 1º batalhão da PM
  • Luis Marcos/ Viagora Delegada Naiana da Paz 6 / 6 Delegada Naiana da Paz

Na manhã desta terça-feira (25), uma mulher de 42 anos identificada como Valdirene Torquato, foi assassinada a facadas próximo ao Colégio Mérito D'Martonne, no bairro Ilhotas, região centro-sul da cidade de Teresina.

Segundo informações repassadas ao Viagora, pelo sub-comandante da Força Tática do 1º Batalhão da Polícia Militar, Paulo Roberto, o suspeito é o ex-companheiro da vítima que estava separado há cinco anos. 

"Foi repassado para nossa guarnição que uma mulher tinha sido vítima de feminicídio nas proximidades do Colégio Mérito D'Martonne e de imediato já enviamos uma guarnição até o local que constatou o fato. Segundo os familiares, a vítima estava separada há cinco anos do suspeito que é seu ex-companheiro e ele vinha seguindo ela inclusive em uma bicicleta, que foi deixada há alguns metros aqui do local do crime", disse.

De acordo com o policial, o suspeito fugiu do local, mas foi detido nas proximidades da estação ferroviária da Avenida Miguel Rosa com uma arma branca supostamente usada no crime. Ele foi encaminhado para a Central de Flagrantes para os procedimentos necessários. 

"Em seguida soubemos que o suposto indivíduo estaria detido por um sargento da PM nas imefiações da Miguel Rosa próximo a estação ferroviária. Uma guarnição foi até o local, fez a prisão do mesmo e o encaminhou para a Central de Flagrantes. Com ele foi apreendido uma arma branca, supostamente usada no crime", afirmou. 

Conforme testemunhas, a mulher estava indo para um condomínio nas proximidades, onde trabalhava.

A Polícia Militar isolou a área até a chegada da perícia e do Instituto de Medicina Legal (IML) que fez a remoção do corpo. O caso será investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Facebook
Indicado para você
Veja também