Viagora

"Estes 15 dias serão difíceis", diz Dr. Gilberto sobre surto de gripe

Gilberto Albuquerque afirmou que a FMS tem reforçado suas equipes de atendimento, bem como disponibilizou as Unidades Básicas de Saúde (UBS) para atender os casos de síndrome gripal.

Nessa quarta-feira (05), o secretário da Fundação Municipal de Saúde (FMS), Gilberto Albuquerque, falou sobre as ações da prefeitura com relação ao reforço no atendimento as síndromes gripais que tem atingido diversos piauienses.

Conforme a análise divulgada pelo Centro de Operações de Emergências em Saúde Pública (COE municipal), vinculado a FMS, houve um aumento de 76% nos atendimentos de casos de síndromes gripais na capital, entre a 51ª e 52ª semanas, que compreende o período de 26 de dezembro de 2021 a 1º de janeiro de 2022.

  • Foto: Luis Marcos/ ViagoraDr GilbertoDr Gilberto

O secretário Gilberto Albuquerque afirmou que a FMS tem reforçado suas equipes de atendimento, bem como disponibilizou as Unidades Básicas de Saúde (UBS) para atender os casos de síndrome gripal detectados na capital.

Gilberto Albuquerque ressaltou que os próximos 15 dias serão de dificuldades devido o número de infectados com a nova gripe H3N2 e que está articulando medidas para fazer a diferenciação entre a nova cepa da Influenza e a Covid-19.

“Nós aumentamos o horário de atendimento, reforçamos as equipes, aumentamos os centros de atendimento e abrimos todas as UBS para esse atendimento, para que ele comece o mais próximo de casa e ainda acrescentamos os centros de testagem, mesmo assim nós sabemos que os próximos 15 dias serão de dificuldades, temos metade da população até hoje que já está gripada com sintomas gripais, nós estamos agilizando o máximo possível para fazer a diferença do que é covid e o que é apenas uma síndrome gripal”, explicou o secretário.

Facebook
Indicado para você
Veja também