Viagora

Carlos Augusto recebe comissão de aprovados no concurso da PM-PI

Os integrantes da comissão foram solicitar apoio para a realização das etapas seguintes do concurso, um cadastro reserva do concurso também foi discutida.

Nesta segunda-feira (16), o deputado estadual Coronel Carlos Augusto (MDB), recebeu em seu gabinete na Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi), a comissão de classificados no concurso da Polícia Militar (PM-PI) de 2021, que pedia apoio do parlamentar para que a oportunidade de realizarem as demais etapas do concurso fosse dada.

Segundo Hesron Gonçalves, integrante da comissão, a possibilidade de integrar um cadastro reserva do concurso também é uma solicitação. “Nós somos classificados, atingimos o exigido no edital. Nós queremos a oportunidade de fazer essas demais etapas e que, no final, se fosse possível, estar em um cadastro reserva, como em qualquer concurso”, defendeu.

Foto: Divulgação/ Assembleia Legislativa do Estado do PiauíDeputado Estadual Coronel Carlos Augusto
Deputado Estadual Coronel Carlos Augusto

 De acordo com o deputado, já havia apresentado um requerimento na Alepi solicitando ao Governo do Estado o chamamento dos mil aprovados, e também encaminhou a demanda para a Governadora regina Sousa. O parlamentar comentou que há a possibilidades de não haver o chamamento da quantidade de aprovados indicados no edital. “Após a quinta fase do concurso, certamente, nós não teremos os mil aprovados e os duzentos classificados como determina o edital”, enfatizou.

Segundo o parlamentar, é muito importante a incrementação do quadro da Policia Militar do Estado do Piauí.  “O incremento no quadro da polícia, além de ser importantíssimo, é mais do que uma necessidade. Não se faz segurança sem ter policial. Nós estamos, hoje, com um desafio enorme dentro do sistema de segurança, como um todo, e a Polícia Militar é a linha de frente das ocorrências e do atendimento à população”, reforça Coronel Carlos Augusto.

Conforme o Deputado Estadual Coronel Carlos Augusto (MDB), o requerimento efetuado, é baseado no pedido do concurso da Policia Militar realizado em 2017, que das 480 vagas oferecidas, apenas 315 foram ocupadas devido a reprovações em diversas etapas.

Facebook
Indicado para você
Veja também