Viagora

Mulher que se passava por médica continua presa na PF em Teresina

Segundo a Polícia Federal, a mulher é Auxiliar de Enfermagem e com ela foram encontrados um carimbo de uma médica com nome semelhante ao dela.

A mulher acusada de se passar por um médica na sede da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), nessa segunda-feira (16), continua detida na sede da Polícia Federal (PF-PI), aguardando decisão judicial sobre a realização da audiência de custódia.

Segundo a PF, a mulher é Auxiliar de Enfermagem, com registro no Conselho Regional de Enfermagem – Coren/PI, tendo se passado junto a OAB/PI por médica Neurologista para figurar como palestrante em um evento promovido pela própria Ordem.

Conforme a PF-PI, com ela, foram encontrados um carimbo de uma médica com nome semelhante ao dela e papéis timbrados de um hospital particular de Teresina.

Logo após a prisão, ela foi conduzida para a sede da PF-PI onde foi lavrado o flagrante e ouvidas testemunhas do caso, que já foi comunicado à Justiça Federal e ao Ministério Público Federal. A falsa médica foi indiciada pelo crime de Estelionato (Art. 171 do Código Penal Brasileiro).

Por: Matheus Santos

Mais conteúdo sobre:

Teresina

Piauí

Piauí

Polícia Federal

Facebook
Indicado para você
Veja também