Viagora

IBGE: Consumo de álcool cresce entre estudantes adolescentes de Teresina

De acordo com o IBGE, apesar do aumento, o índice de Teresina é menor do que a média de todas as capitais brasileiras.

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), através da Pesquisa Nacional de Saúde do Escolar (PeNSE) 2019, divulgou que cerca de 55,7% dos estudantes teresinenses com idades entre 13 a 15 anos de idade já afirmaram terem ingerido bebida alcoólica em algum momento da vida. A pesquisa aponta entre 2012 e 2019 a porcentagem chegou a 19%.

De acordo com o levantamento, a taxa foi de 46,8% em 2012 para 45,7% em 2015, e 55,7% em 2019. A questão indagada de forma individual, foi a de que se pelo menos por uma vez os estudantes haviam bebido um copo ou dose de alguma bebida alcoólica. Adolescentes de escolas públicas e privadas responderam a pesquisa através do Dispositivo Móvel de Coleta (DMC).

Conforme informações do IBGE, o índice de Teresina é menor do que a média de todas as capitais brasileiras, que foi de 63,2% em 2019, mesmo com o aumento significativo.

O levantamento do PeNSE pontuou que Porto Alegre (RS) é a capital onde 74,9% dos estudantes adolescentes já haviam ingerido bebida alcoólica em 2019. A capital do Piauí se encontra com o sétimo menor índice do país com 36,4% dos adolescentes.

Mais conteúdo sobre:

Teresina

Piauí

IBGE

Teresina

Facebook
Indicado para você
Veja também