Viagora

Franzé Silva defende congelamento de preços dos combustíveis

De acordo com o parlamentar, o Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) está reduzido, mas caso suba novamente, a população piauiense precisa ir para as ruas.

O deputado estadual Franzé Silva (PT), falou sobre o congelamento nos preços dos combustíveis e alertou a população a respeito de uma mobilização caso os valores não diminuam mesmo após a sanção da governadora do Piauí, Regina Sousa (PT), em reduzir o valor da alíquota do ICMS.

De acordo com o parlamentar, o Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) está reduzido, mas caso suba novamente, a população piauiense precisa ir para as ruas.

“A justificativa dos bolsonaristas desapareceu, o ICMS está reduzido e unificado. Se aumentar os preços dos combustíveis, teremos que ir pra rua exigir, cobrar o congelamento de preços. Queremos a redução imediata, sobretudo da gasolina, mais consumida pelos mais pobres", pontuou o deputado.

Foto: Kelvyn Coutinho/ViagoraDeputado Franzé Silva (PT).
Deputado Franzé Silva (PT).

Segundo o deputado estadual, que é presidente da Comissão de Fiscalização, Controle, Finanças e Tributação da Casa, a redução de 18% no ICMS causou uma carência nos outros âmbitos da sociedade e precisa ser reposta.

“A população mais pobre, que depende dos recursos públicos nessas áreas de desenvolvimento social, perde receitas com a medida e será prejudicada. Essa perda tem que ser compensada. É preciso que os preços nos supermercados sejam reduzidos junto com o valor dos combustíveis, concluiu Franzé Silva.

Mais conteúdo sobre:

Teresina

Piauí

Franzé Silva

ICMS

Piauí

Facebook
Indicado para você
Veja também