Viagora

Expectativa de vida masculina chega aos 72 anos em 2022, diz IBGE

De acordo com o Ministério da Saúde, os homens precisam adotar comportamentos preventivos para que a expectativa aumente ainda mais.

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou que neste ano de 2022, a expectativa de vida masculina atingiu os 72,2 anos. O número cresceu em 7 anos, mas os homens ainda vivem menos em comparação ao público feminino.

De acordo com a Sociedade Brasileira de Urologia (SBU), o órgão realizou uma pesquisa com adolescentes entre 12 a 18 anos e os resultados mostraram que 30% das meninas já compareciam a consultas médicas, enquanto os meninos somaram apenas 1%. A porcentagem aponta que a falta de políticas públicas, preconceito e ignorância a respeito do autocuidado masculino é trazida desde a juventude.

Segundo Mauryane Lopes, coordenadora do curso de enfermagem do UNINASSAU, a qualidade de vida entre os gêneros é diferente por conta das instruções dadas desde a infância e adolescência. “É muito raro vermos pais indo ao urologista e levando seus filhos. A maior atenção do sexo masculino só acontece, geralmente, quando já estão com sintomas avançados. Com as meninas, a tradição já vem desde a adolescência, desde a menarca, a primeira menstruação. Então, há um conjunto de fatores que levam a maior expectativa de vida da mulher, pois temos a questão sociocultural’, explica a coordenadora.

A coordenadora Mauryane Lopes ainda pontua que as estatísticas que apresentam uma porcentagem de 31% de homens que não costumam se consultar são preocupantes, pois doenças que poderiam ser evitadas acabam se desenvolvendo por falta de cuidados necessários. “É preciso ter essa regularidade aos serviços de saúde. Sem ir ao médico, não se descobre uma doença. Caso esteja doente, não se trata precocemente. Sem o tratamento precoce, a possibilidade de óbito aumenta exponencialmente. Então, precisa ser feito um reforço da conscientização enquanto jovens”, disse a professora.

O Ministério da Saúde alerta que a população masculina tem o dever de adotar comportamentos preventivos, com hábitos alimentares saudáveis e prática frequente de exercícios físicos, para que assim a expectativa de vida desse grupo cresça.

Mais conteúdo sobre:

Teresina

Piauí

IBGE

Facebook
Indicado para você
Veja também