Viagora

Procuradora abre inquérito para investigar Colégio Lerote em Teresina

A portaria foi assinada pela Procuradora do trabalho, Maria Elena Moreira Rêgo, no dia 13 de julho de 2022.

Na quarta-feira 13 de julho, o Ministério Público do Trabalho do Piauí (MPT-PI) instaurou inquérito civil para investigar o Colégio Lerote Ltda, por suposto atraso ou mora contumaz no pagamento dos salários, bem como outras hipóteses de irregularidades relacionadas com remuneração ou benefícios. A escola fica localizada no bairro Jóquei, zona Leste de Teresina.

Conforme a Portaria nº 306.2022, o documento foi assinado pela Procuradora do trabalho, Maria Elena Moreira Rêgo. O inquérito foi instaurado considerando a notícia de fato emergente das peças informativas existentes nos autos.

“Considerando a notícia de fato emergente das peças informativas existentes nos autos, relacionas aos temas: TEMAS: 09. - TEMAS GERAIS, 09.04. - DURAÇÃO DO TRABALHO, 09.04.03.02. - Férias, 09.12. - REMUNERAÇÃO E BENEFÍCIOS, 09.12.01”, afirma na portaria.

Conforme o inquérito, o MPT-PI também irá apurar o não pagamento do valor da hora/aula quando há substituição por professores que estão em Horário Pedagógico. A denúncia aponta ainda que ainda que a escola não considera o sábado como dia útil.

Outro lado

O Viagora procurou o Colégio Lerote para falar sobre o assunto e a reportagem foi informada que a direção do colégio está de recesso escolar.

Facebook
Indicado para você
Veja também