Viagora

Ministério da Saúde lança campanha de combate a hepatites virais

De acordo com o Ministério da Saúde, o Sistema Único de Saúde (SUS) oferece os cuidados necessários para pacientes com hepatites.

Nessa quarta-feira (27), o Ministério da Saúde (MS), lançou uma campanha de combate a hepatites virais. Estavam presentes no evento o ministro da saúde, Marcelo Queiroga e o secretário de Vigilância em Saúde, Arnaldo Medeiros, que falaram sobre ações da pasta para o enfrentamento das hepatites A, B e C no Brasil.

De acordo com Marcelo Queiroga, hepatites são um problema de saúde pública no país e devem ser diagnosticadas e combatidas. “No passado, hepatites eram a principal causa de transplantes hepáticos. Hoje, em função das políticas públicas, passou a ser a esteato-hepatite crônica, já que temos maneiras efetivas de diagnosticar precocemente, de tratar com antivirais, de [aplicar] vacinas, de utilizar a força das políticas públicas para reduzir esse importante problema”, disse o Ministro da Saúde.

Conforme informações do Ministério da Saúde, os cuidados de prevenção, diagnóstico e tratamento para pacientes diagnosticados com hepatite são oferecidos pelo Sistema Único de Saúde (SUS). O MS informa que a melhor forma de prevenção contra as hepatites A e B são através de vacinas presentes no calendário vacinal, e as hepatites B, C e D possuem tratamento gratuito. Além disso, medicamentos que garantem cura para cerca de 95% dos pacientes acometidos pela hepatite C são disponibilizados pelo SUS.

Segundo levantamento do MS, as regiões Norte e Nordeste em conjunto somam 55,4% dos casos de hepatite A notificados entre os anos de 2000 e 2021. O Órgão informou, no entanto, que houve uma redução de 95,6% na taxa de incidência da hepatite A no país.

O Ministério da Saúde ainda pontuou que houve redução na transmissão da hepatite B no Brasil, onde mais da metade das transmissões ocorreram em relações sexuais. Já em relação a hepatite C, cerca de 40% dos casos aconteceram através de relações sexuais, e 20% por uso de drogas.

Hepatites

De acordo com o Ministério as Saúde, as hepatites são infecções que atacam o fígado e costumam ser silenciosas, mas que podem ser detectadas através de sintomas como cansaço, febre, tontura, dor abdominal, pele e olhos amarelados, além de fezes claras e urina escura.

A transmissão ocorre em relações sexuais, transmissão de mãe para filho no caso da hepatite B ou compartilhamento de material cortante contaminado com sangue de indivíduo contaminado, no caso da hepatite C.

Com informações da Agência Brasil.

Facebook
Indicado para você
Veja também