Viagora

Caio Castro se manifesta após polêmica sobre pagar conta em jantar

Segundo o artista, seu comentário foi mal interpretado por muitos internautas, e pediu que estes examinem a fala.

O ator Caio Castro dividiu opiniões ao dizer em entrevista ao podcast “Sua Brother’ que se incomoda quando sua companhia não se oferece para dividir a conta do restaurante. Após a repercussão da fala, o artista disse em seu Instagram que foi mal interpretado.

De acordo com post feito no stories de Caio Castro, suas palavras não foram bem interpretadas, pois em nenhum momento disse que pagar um jantar é equivalente a sustentar a companheira. “Pagar jantar não é sustentar uma pessoa, mas dizer que afirmei tal coisa é sustentar uma mentira. Vou repetir a minha fala, pra ver se, desta vez, não repetem o erro de compreensão: 'Tem diferença entre pagar a conta e TER que pagar; me incomoda a sensação de TER que sustentar, TER que pagar'. Em minha fala, foquei na imposição de pagar. Quem inventa outra coisa é porque não focou na sinceridade.”, explicou na publicação.

Foto: Divulgação/ InstagramDeclaração feita por Caio Castro via Instagram Stories.
Declaração feita por Caio Castro via Instagram Stories.

O artista conclui a fala afirmando que alimentar uma mentira é doentio. “Pagar um jantar, almoço, lanche, por vontade, é perfeitamente saudável, doentio é na verdade, alimentar a mentira. Aos que entenderam, de fato, errado, peço que, por gentileza, examinem a fala. Aos que espalham mentiras de propósito peço que, por gentileza, examinem a consciência", disse Caio.

Caio Castro foi criticado por Deolane Bezerra e JoJo Toddynho, que repudiaram a fala do ator. A primeira brincou com o fato de alguns homens acharem que pagar todo o valor do restaurante é de alguma forma uma maneira de sustentar a companhia. Já JoJo, disse diretamente que mulheres precisam eliminar homens como Caio de suas vidas como forma de auto respeito.

Com informações da Quem.

Mais conteúdo sobre:

Teresina

Piauí

Entretenimento

Facebook
Indicado para você
Veja também