Viagora

SEMDUH alerta para que população não jogue animais mortos em PEVs

De acordo com a prefeitura de Teresina, jogar animais mortos em PEVs, prejudica o meio ambiente e fazem mal às famílias da Cooperativa Emaús.

A Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação (SEMDUH), faz um alerta sobre o descarte de animais mortos em Pontos de Entrega Voluntária (PEV), que existem com a finalidade de receber materiais para serem reciclados.

De acordo com a prefeitura de Teresina, jogar animais mortos em PEVs, prejudica o meio ambiente e fazem mal às famílias da Cooperativa Emaús, que fazem a separação e destinação correta da coleta seletiva.

Foto: Divulgação/ Prefeitura de TeresinaPonto de Entrega Voluntária - PEV
Ponto de Entrega Voluntária - PEV

De acordo com o presidente da cooperativa, Gillian Ferreira, apesar da coleta seletiva ter crescido bastante em Teresina neste ano, a população deve ter maus atenção em relação ao descarte correto do material. “A coleta seletiva cresceu muito em Teresina este ano. Percebemos um aumento significativo. Mas precisamos de mais um pouco de atenção da população em relação a separação correta desse material e o seu processamento até a lixeira específica para o descarte. Além disso, pedimos também aos teresinenses que não joguem animais mortos nos coletores, esse material passa diretamente pelas nossas mãos e pode causar doenças, prejudicando as famílias que dependem dessa renda”, explica.

Segundo a prefeitura, animais mortos ou em estado terminal devem ser encaminhados para a Gerência de Zoonoses de Teresina. O órgão também pode ser solicitado para o recolhimento de animais com suspeita de calazar, raiva e das vias públicas. Também podem ser solicitados para a identificação e eliminação de focos do Aedes Aegypti, criação irregular de animais domésticos ou presença de animais sinantrópicos e peçonhentos.

Facebook
Indicado para você
Veja também