Viagora

Polícia prende estudante de Filosofia da UFPI acusado de atear fogo em ônibus em Teresina

De acordo com informações do capitão Chagas, uma pessoa foi presa durante a ação.

Um grupo de aproximadamente seis pessoas ateou fogo em um ônibus coletivo no Centro de Tecnologia da Universidade Federal do Piauí, campus Petrônio Portela, zona leste de Teresina, e um estudante de Folosofia da UFPI identificado como Luan, terminou preso na noite dessa terça-feira (10).

De acordo com informações do capitão Chagas, do 5º batalhão, uma guarnição do Batalhão de Rondas Ostensivas de Naturezas Especiais (BPRone) chegou primeiramente ao local e conseguiu capturar o universitário. “Eram seis elementos, mas cinco conseguiram fugir e nós conseguimos capturar um. Eles pararam o ônibus e mandaram o pessoal descer, jogaram gasolina dentro do ônibus, no pneu e ainda atearam fogo, mas um vigilante e os estudantes conseguiram apagar”, relatou.

Uma pessoa que testemunhou o episódio relatou como tudo aconteceu. “Acabou de acontecer aqui na universidade, eu estava lá na parada do CT [Centro de Tecnologia], uns caras entraram tudo mascarado dentro do ônibus, fizeram todo mundo descer e tacaram fogo no ônibus. Os guardas da universidade reagiram, teve tiroteio”, relatou.

Ainda segundo o capitão, os policiais do BPRone encaminharam o suspeito até a Central de Flagrantes de Teresina. O veículo também foi conduzido até o local.
Estudante de Filosofia da UFPI ateia fogo em ônibus em Teresina


Mais conteúdo sobre:

Willame Moraes

Facebook
Indicado para você
Veja também