Viagora

"Vai requerer uma discussão", diz Dr. Hélio sobre Bolsonaro no PL

Segundo o deputado, mesmo que o presidente nacional do partido, tenha colocado que o diretório estadual teria autonomia para tomar uma decisão, ainda seria uma situação difícil.

Na manhã desta terça-feira (30), o deputado estadual Dr. Hélio declarou que acredita ser muito difícil equacionar a filiação do presidente Jair Bolsonaro ao PL, sendo que os líderes que compõe a sigla são os mesmos que participam da gestão de Wellington Dias.

Segundo o parlamentar, mesmo que o presidente nacional da sigla tenha colocado que no Piauí, o partido teria autonomia para tomar a decisão que lhe conviesse, em relação à Bolsonaro, ainda seria uma situação difícil.

  • Foto: Luis Marcos/ ViagoraDeputado Helio OliveiraDeputado Dr. Hélio

“Ainda que o presidente nacional do PL, tenha colocado que o partido no Piauí, teria autonomia para tomar a decisão que lhe conviesse, acredito que é muito difícil equacionar essa situação, tendo em vista que os líderes do PL que compõe a sigla, são os mesmos que ajudaram a construir a vitória do governador Wellington Dias, participam da gestão, estão comprometidos com o projeto de 2022 liderado por ele. Então é uma situação muito difícil de ser equacionada”, declarou.

O deputado ressalta ainda que não há uma ansiedade para conversar com o governador e os partidos da base sobre o assunto, porque existe um prazo de até março para acontecer esse diálogo com tranquilidade.

“Acho que não há essa ansiedade até porque temos prazo para esse diálogo com o governador, dentro do próprio partido, com os partidos da base também. Então temos até março para fazer essa discussão com muita tranquilidade e serenidade, mas agora trabalhando em cima de uma realidade que é a filiação do presidente Bolsonaro no PL”, destacou.

Questionado sobre a possibilidade de alguns membros saírem do partido, Dr. Hélio afirma que não pode responder pelos outros, mas que a situação vai requerer uma discussão democrática para se tomar a melhor decisão.

“Não poderia responder pelos outros, estou falando enquanto membro do partido de que essa situação vai requerer de todos nós, uma discussão democrática, aberta, ouvindo a opinião dos membros que fazem parte do partido no Piauí e que tomemos juntos a melhor decisão”, afirmou.

Jair Bolsonaro se filia ao PL

O presidente Jair Bolsonaro se filiou ao Partido Liberal na manhã desta terça-feira (30), durante cerimônia realizada na sede da sigla em Brasília e contou com a presença do presidente do partido, Valdemar Costa Neto, e de integrantes do governo.

Bolsonaro foi eleito presidente em 2018 pelo PSL e deixou o partido em 2019 devido à divergências com a cúpula da legenda.

Facebook
Indicado para você
Veja também