Viagora

Não ficaremos omissos nestas eleições, diz Robert sobre Republicanos

O vice-prefeito de Teresina falou sobre a possibilidade de ser pré-candidato ao Governo do Piauí pelo partido, comandado pelo grupo do Dr. Pessoa.

Nesta sexta-feira (08), o vice-prefeito de Teresina, Robert Rios, e ex-secretário municipal de finanças, falou sobre a possibilidade de ser pré-candidato ao Governo do Piauí pelo Republicanos, partido comandado pelo grupo do Dr. Pessoa.

De acordo com Robert Rios, sua saída da pasta para colocar seu nome à disposição foi necessária caso o partido precisasse o lançar como pré-candidato nas eleições deste ano. O vice-prefeito também afirmou que existem duas bolhas a da base governista do pré-candidato ao senado, Wellington Dias, e da oposição com o ministro da Casa Civil o senador Ciro Nogueira, e ressaltou que o Republicanos pode ser uma alternativa a esses grupos.

Foto: Luis Marcos/ ViagoraVice prefeito de Teresina Robert Rios
Vice prefeito de Teresina Robert Rios

“Ele [Dr. Pessoa] falou certo, eu ainda não sou candidato, candidato é depois de uma convenção. Eu me afastei do cargo de finanças para ficar com meu nome disponível caso haja uma necessidade se eu não tivesse saído esse meu nome não podia estar mais em discussão, nós temos entre duas bolhas a do grupo de Wellington Dias e a do Ciro Nogueira e nós podemos ser uma alternativa a essas duas bolhas, vamos ver o que acontece, ou até mesmo aderimos as duas bolhas, nós não temos paixão nem pelo Wellington e nem pelo Ciro, nós temos paixão pela cidade de Teresina quem ajudar mais Teresina pode ter o nosso apoio”, destaca Robert Rios.

Robert Rios descartou uma possível disputa na chapa proporcional e falou sobre a relação com o deputado estadual Gessívaldo Isaías que auxilia na estruturação do partido.

“Só majoritária. Não tenho nenhum problema com o Gessivaldo ele é um grande parceiro e companheiro e nós fizemos um acordo com todos os pré-candidatos a deputado estadual e federal que vieram para o Republicanos, todos eles têm ampla liberdade, o acordo feito com eles foi esse, de escolher presidente, governador e senador. Se eu for candidato a governador e senador ninguém é obrigado a vota em mim e me apoiar”, afirma o vice-prefeito.

Questionado sobre a declaração do prefeito Dr. Pessoa quanta a possibilidade de 0,1% de chance do Republicanos ter um candidato ao governo do Piauí, Robert Rios falou não está se esforçando para isso e que nunca foi de sua vontade disputar o pleito.

“0,1% é uma chance. Eu não estou me esforçando para isso e eu sempre disse que não tenho vontade nem vontade de ser candidato, eu sempre fui muito claro, meu nome está solto caso seja necessário, caso seja preciso. Eu sempre disse que nós não vamos ficar omissos nessas eleições, imagine se amanhã nós não temos nenhum acordo com o grupo do Ciro e nem do Wellington então nós somos obrigados a lançar um candidato ninguém pode ficar no vento”, finaliza.

Mais conteúdo sobre:

Robert Rios

Republicanos

Facebook
Indicado para você
Veja também