Viagora

Teresa Britto propõe núcleos de orientação jurídica em comunidades

As principais finalidades da sua proposta são prestar atendimento aos cidadãos procurando orientar e, em havendo necessidade, encaminhar para órgãos competentes de acordo com cada demanda

Tramita na Assembleia Legislativa (Alepi) o indicativo de Projeto de Lei 06/2022, proposto pela deputada estadual Teresa Britto (PV), que quer a implantação de núcleos de orientação jurídica nas comunidades mais carentes do Estado do Piauí, contando com a colaboração de advogados voluntários, estudantes do curso de Direito e estagiários de instituições de ensino superior públicas e privada.

A parlamentar destaca que as principais finalidades da sua proposta são prestar atendimento aos cidadãos procurando orientar e, em havendo necessidade, encaminhar para órgãos competentes de acordo com cada demanda; analisar os conflitos nas relações intrafamiliares e interpessoais, buscando identificar a demanda a ser assistida ou encaminhada; e, ainda, buscar fazer articulação com outras instituições visando contribuir para o acesso aos diferentes serviços disponíveis.

Foto: Divulgação/ Assembleia Legislativa do Estado do PiauíDeputada Teresa Britto
Deputada Teresa Britto

“Compreendemos que o amplo acesso à Justiça é tão importante e necessário quanto o acesso à saúde, à educação, à moradia dentre outros. Assim, é indispensável que o Estado atue no sentido de garantir que todas as pessoas, no caso específico as menos favorecidas economicamente, sejam juridicamente assistidas. Os núcleos serão criados em locais de fácil acesso aos moradores”, explica.

Segundo a parlamentar a proposta prevê que o Estado poderá manter convênios com a Ordem dos Advogados do Brasil – Secção Piauí acerca da possibilidade de contabilizar as horas trabalhadas como atividade acadêmica complementar ou prática jurídica.

Por: Matheus Santos

Facebook
Indicado para você
Veja também