Viagora

Índia vai exportar vacina de Oxford para o Brasil nesta sexta

Os imunizantes desenvolvidos pela farmacêutica britânica AstraZeneca e pela Universidade de Oxford, estão sendo fabricados no Instituto Serum da Índia.

O governo da Índia liberou as exportações comerciais de vacinas contra o coronavírus. Segundo o secretário de Relações Exteriores da Índia, Harsh Vardhan Shringla primeiras remessas serão enviadas na nesta sexta-feira (22) para Brasil e Marrocos.

As vacinas desenvolvidas pela farmacêutica britânica AstraZeneca e pela Universidade de Oxford estão sendo fabricadas no Instituto Serum da Índia, o maior produtor mundial de vacinas, que recebeu pedidos de países de todo o mundo.

O governo indiano suspendeu a exportação de doses até iniciar seu próprio programa de imunização no fim de semana passado. No início desta semana, a Índia enviou suprimentos gratuitos para países vizinhos, incluindo Butão, Maldivas, Bangladesh e Nepal.

Doses

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, declarou em entrevista coletiva, na última segunda-feira (18), que a conclusão da viagem para trazer um carregamento de vacinas importadas da Índia deveria ter uma resolução ainda nesta semana.

Elogio 

O presidente Jair Bolsonaro publicou em suas redes sociais sobre a decisão do governo da Índia de liberar as exportações de vacina contra a covid-19 e elogiou o trabalho do ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, e dos servidores do Itamaraty.

“Meus cumprimentos ao Ministro Ernesto Araújo e servidores do Itamaraty pelo trabalho realizado”, escreveu Bolsonaro.

- NOVA DÉLHI, 21 Jan/Reuters/por Sanjeev Miglani - O governo da Índia liberou as exportações de vacinas contra a...

Posted by Jair Messias Bolsonaro on Thursday, January 21, 2021

Com informações na Agência Brasil.

Facebook
Indicado para você
Veja também