Genevaldo Silva

Genevaldo Silva

Opinião & Política - Contato (86) 99839-8180 / 99423-5410 - E-mail: genevaldosh1@gmail.com

Câmara de Esperantina pretende doar picape Ranger para prefeitura

23/04/2019 11h21 - atualizado

A mesa diretora da Câmara Municipal de Esperantina, encabeçada pelo presidente Manoel Filho (PT), apresentou Projeto de Resolução autorizando a doação de “bem inservível” a Prefeitura Municipal, no caso, uma pick-up ranger, doada a instituição pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região.

  • Foto: DivulgaçãoPick-up Ranger da Câmara de Esperantina.Pick-up Ranger da Câmara de Esperantina.

O projeto, já aprovado em primeira votação, justifica a doação afirmando ser o bem, “um veículo inservível, economicamente inviável para consertos e manutenção”.

Nenhum laudo especializado instrui o projeto e causa estranheza o fato e a pressa na tramitação. O carro, até outro dia, estava em perfeito estado de conservação e era utilizado pelos vereadores. 

Trocando em miúdos, a Câmara vai se desfazer de um bem próprio para alugar carros de particulares, fato que já ocorre atualmente.

  • Foto: Divulgação/ Facebook Manoel FilhoVereador Manoel FilhoVereador Manoel Filho

O carro foi uma conquista do ex-vereador Tote Aristides para a Câmara Municipal, no período em que ele era o presidente da Casa.

O que chama atenção é a Câmara Municipal pretender doar um único veículo que possui e vai continuar alugando um veículo da empresa T-LOC, sediada no município de Piracuruca. Clique aquie veja o Termo de Reiníco com a empresa.

De acordo com dados obtidos no Portal da Transparência, a Câmara paga mensalmente o valor de R$ 1.505,64 (hum mil, quinhentos e cinco reais e sessenta e quatro centavos) com locação de veículo.

  • Foto: DivulgaçãoValor pago para empresa T-LOC.Valor pago para empresa T-LOC.

Além do carro alugado, a Câmara fez a locação de uma motocicleta 125 KS para atender as necessidades do Poder Legislativo. O valor mensal da locação da moto é de R$ 998,00 (novecentos e noventa e oito reais) mensais. Clique aquie veja o contrato.

Ambos os contratos foram assinados pelo presidente da Câmara, vereador Manoel Filho (PT).

Vale ressaltar que os veículos locados não foram identificados com a logomarca da Câmara e com os dizeres “A serviço da Câmara Municipal”, conforme dispõe a Lei Municipal nº 1.306/2016. Veja aquia lei.

Outro lado

Oblog  conversou com o vereador Manoel Filho sobre o assunto.

"Essa Pick-up Ranger, ela é de 2004, essa pick-up ficou muito tempo parada, ela é doação de um órgão, consequentemente antiga e sempre conserta e quebra. Imagina só se eu tivesse uma pick-up Ranger cabine dupla em perfeito funcionamento, eu estaria utilizando, visitando a obras, percorrendo a zona rural. Então esse é um veículo antigo, nós em 2017 e 2018 consertamos ela várias vezes, alguns vereadores, inclusive, levaram e acompanharam os consertos e não estava perfeito para uso. Nenhum dos vereadores tem coragem nem de sair nela para visitar uma obra, porque ela quebra no meio da estrada. Então o veículo está parado, ele foi doado para prefeitura, porque a Câmara não pode receber doação, então a prefeitura recebeu a doação e fez um termo para Câmara e agora nós estamos devolvendo o veículo para a prefeitura para que ela possa leiloar, porque a gente não pode leiloar, se não faríamos isso para aplicar o recurso, para de repente, até comprar outro veículo. A próxima sessão de votação será na primeira semana de maio", disse o presidente da Câmara.

Mais na Web