Genevaldo Silva

Genevaldo Silva

Opinião & Política - Contato (86) 99839-8180 / 99423-5410 - E-mail: genevaldosh1@gmail.com

Henrique Cesar paga R$ 623 mil a empresa que funciona numa casa

09/07/2018 07h56 - atualizado

O blog recebeu uma denúncia sobre um contrato celebrado entre a prefeitura de Alto Longá, administrada pelo prefeito Henrique Cesar Saraiva de Área Leão Costa, e a construtora MRA Construções.

A construtora foi contratada para executar os serviços de pavimentação em paralelepípedo em vias públicas do município. O contrato foi assinado no dia 20 de março desse ano pelo valor global de R$ 623.889,61.

O detalhe que chama atenção nessa parceria, é que a sede da construtora fica numa residência. De acordo com o CNPJ, a empresa fica localizada na Avenida Doutor Manoel Ayres Neto, na Quadra 39 Casa 32 do Residencial Parque Sul no Bairro Santo Antônio. 

  • Foto: Genevaldo SilvaCNPJ da construtora MRA Construções.CNPJ da construtora MRA Construções.

Mas em visita ao endereço, foi constatado que o mesmo é de uma residência simples e que no local nunca funcionou qualquer construtora. Um vizinho, que pediu para não ser identificado, declarou “moro há mais de 3 anos aqui e nunca vi falar de construtora nessa casa”.

  • Foto: Genevaldo SilvaEndereço da construtora MRA Construções.Endereço da construtora MRA Construções.

O blog ligou para o número de telefone que consta no CNPJ e descobriu tratar-se de um escritório de contabilidade. A atendente não deu maiores informações, mas disse que procurasse o sr. Benedito para tratar sobre a construtora.

Os sócios da construtora são Fernanda do Bonfim Fontenele Arrais e Manoel Ricardo Arrais Neto. A empresa foi aberta em 2013 com um capital social no valor de R$ 1,7 milhões.

O sócio administrador, Manoel Arrais Neto, é professor da rede municipal de União com salário de R$ 1.473,21. Clique aqui e veja o contracheque.

Outro lado

O prefeito Henrique Cesar não foi localizado para comentar a reportagem. Também não foi possível localizar os proprietários da construtora. No entanto, consegui conversar com o sr. Benedito que afirmou ser de fato o dono da empresa.

Questionado sobre a empresa funcionar numa casa, Benedito disse que não vê problema nisso. “Toda empresa precisa de um endereço”, disse ele. Quando confrontado sobre o endereço ser apenas de uma residência sem nunca ter funcionado nenhuma construtora, ele desconversou e disse que o escritório da empresa funciona também próximo a TV Assembleia.

Bastante irritado com os questionamentos, o sr. Benedito disse que não falaria mais, apenas pessoalmente.

Mais na Web