Viagora

Primeiras vacinas contra varíola dos macacos devem chegar em setembro

Segundo o Ministério da saúde, nesse primeiro momento apenas profissionais da saúde que tiveram contato direto ou coletaram amostras de pacientes com vírus devem receber o imunizante.

Nessa sexta-feira (29), o Ministério da Saúde informou que as primeiras doses da vacina contra a Mokeypox, conhecida popularmente por varíola dos macacos, devem chegar ao Brasil no mês de setembro. O secretário-executivo do MS, Daniel Pereira, e o secretário de Vigilância em Saúde, Arnaldo Medeiros, pontuaram que cerca de 20 mil doses chegarão ao país no mês.

De acordo com o MS, nesse primeiro momento apenas os profissionais da saúde que tiveram contato direto com pessoas infectadas com o vírus e que manipulam as amostras recolhidas destes pacientes receberão o imunizante. O Ministério da Saúde ainda informa que o esquema vacinal contra a varíola dos macacos ocorrerá com intervalo de 30 dias entre as duas doses.

Segundo o secretário em Vigilância em Saúde do MS, Arnaldo Medeiros, a aquisição de imunizantes ocorrerá através de apoio da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas). “Existe um pedido da Opas para a aquisição de 100 mil doses de vacinas para as Américas. Dessas 100 mil doses, 50 mil serão adquiridas pelo Ministério da Saúde”, explicou o profissional.

O secretário de Vigilância Sanitária explicou em entrevista coletiva que a vacinação em massa ainda não é um plano pois a Organização da Saúde (OMS) ainda não registrou alerta para tal ação. “A OMS não preconiza uma vacinação em massa, então a gente não está falando de uma campanha de vacinação como falávamos para a covid-19. São vírus absolutamente distintos, é uma clínica absolutamente distinta, um contágio absolutamente diferente, uma letalidade diferente. São doenças absolutamente distintas”, disse.

Com informações da Agência Brasil.

Facebook
Indicado para você
Veja também