Viagora

Mais de 23 milhões de eleitores estão aptos a votar voluntariamente

De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral, 23,34 milhões de eleitores e eleitoras realizarão o ato do voto cívico, quando não tem a obrigação de exercer o voto.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aponta que mais de 156,45 milhões de pessoas estão aptas a votar nas Eleições Gerais 2022, que será realizada no dia 2 de outubro. Cerca de 23,34 milhões de eleitores e eleitoras realizarão o ato do voto cívico, pois não são obrigados a votar.

De acordo com a Constituição Federal, a opção do voto facultativo é estabelecida por lei para jovens de 16 e 17 anos de idade, pessoas com mais de 70 anos e analfabetos. O TSE apontou através de levantamento, que os eleitores que declararam não saber ler ou escrever chegam a 6,33 milhões de pessoas.

Segundo a diarista Maria Sônia Ribeiro da Silva, de 50 anos de idade, ela não sabia que não era obrigada a exercer o voto por ser analfabeta. “Eu votava porque achava que era o jeito. Que perderia o título de eleitor, pagaria multa, caso não comparecesse. Até falei com meu marido que, se não fosse obrigatório, eu não votaria mais, porque é sempre a mesma coisa, as mesmas promessas. Por outro lado, também acho importante a gente participar, tentarmos fazer com que o país melhore.”, disse a mulher.

Conforme informações do último censo populacional do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), no ano de 2010, a taxa de analfabetismo entre a população brasileira de 15 anos ou mais foi de 13,63% em 2000 para 9,6%, chegando a 13.933,173 em 2010.

Os levantamentos também apontam que além dos analfabetos, cerca de 815.063 pessoas com 16 anos e 1.301.718 com 17 anos de idade. As duas idades somam 2.116.781 eleitores brasileiros, número superior aos 1.400.617 eleitores confirmados em 2018.

Segundo o TSE,  os eleitores e eleitoras com 70 ou mais apresentou um aumento de 12,02 milhões para 14.893.281 agora neste ano de 2022.

Com informações da Agência Brasil.

Facebook
Indicado para você
Veja também