Viagora

Advogado critica exposição de laudo de Rose por colunista do Piauí

O jornalista Erlan Bastos, da TV Meio Norte, divulgou laudos médicos de Rose Miriam Di Matteo, companheira de Gugu Liberato.

Nessa terça-feira, 18 de fevereiro, foram divulgados laudos médicos de Rose Miriam Di Matteo, companheira de Gugu Liberato, informando que a médica estaria com uma grave depressão e faria uso de fortes remédios para tentar se recuperar da doença.

Os laudos foram divulgados pelo jornalista Erlan Bastos, da TV Meio Norte. Os documentos fazem parte de um processo, que corre em segredo de Justiça, sobre o contrato que Rose Miriam e Gugu acordaram que a relação de ambos era apenas para a criação de filhos e não configurava união estável.

Conforme Erlan divulgou em suas redes sociais, Rose Miriam teria tido uma severa crise conjugal com Gugu em 2010, e que por conta dessa crise, a médica teria tentado tirar a própria vida.

O jornalista mencionou ainda que o laudo detalha que durante os anos de 2011 e 2012, Rose estava sob efeito de remédios pesados, que poderiam deixá-la fora de suas plenas faculdades mentais na época que assinou o contrato. O processo teria anexado ainda imagens de Gugu e Rose em momentos íntimos, defendendo a tese apresentada pelos advogados.

Críticas

Após a divulgação dos laudos, o advogado de Rose, Nelson Willians, emitiu um comunicado à revista Marie Claire, criticando a exposição dos documentos.

“O vazamento do prontuário médico é mais um ato de desrespeito a Rose. Não obstante, era público que Rose havia assinado alguns documentos em 2011 quando estava em tratamento e sob efeito de forte medicação, reforçando a tese de que, todo documento assinado por ela nesse período é passível de contestação e anulação”, disse.

Mais conteúdo sobre:

Gugu Liberato

TV Meio Norte

Facebook
Indicado para você
Veja também