Viagora

Acusado de matar ator Rafael Miguel a tiros é preso em São Paulo

Paulo Cupertino, além de assassinar Rafael, também é acusado de matar os pais do jovem, João Alcisio Miguel, de 52 anos, e Miriam Selma Miguel, de 50 anos

Nessa segunda-feira (16), Paulo Cupertino Matias, acusado de assassinar Rafael Miguel a tiros, em junho de 2019, foi preso em São Paulo. Segundo o G1, a polícia recebeu informações de que o homem estaria na capital paulista e encontrou o fugitivo.

Paulo Cupertino, além de assassinar Rafael, também é acusado de matar os pais do jovem, João Alcisio Miguel, de 52 anos, e Miriam Selma Miguel, de 50 anos. Na época, o ator tinha 22 anos de idade e ficou conhecido por estrelar um comercial em que pedia brócolis para a mãe em um mercado. Em seguida, interpretou o personagem Paçoca, no remake da novela Chiquititas, do SBT.

Foto: Divulgação/ InstagramRafael Miguel
Rafael Miguel

Rafael e seus pais teriam ido conversar com a família da namorada dele, Isabela Tibcherani, de 18 anos na época, sobre o relacionamento dos dois e eles teriam sido executados pelo pai da jovem, que apareceu de surpresa. Cupertino não aceitava o relacionamento dos jovens.

Em outubro de 2020, a Polícia Militar confundiu um homem com o pai de Isabela e anunciou a prisão no Paraná. A confusão deixou a família de Rafael Miguel e sua ex-namorada indignados. “Incompetência, falta de responsabilidade emocional. Eu espero que ninguém de reportagem alguma entre em contato comigo novamente. Vocês não fazem ideia do que causaram, do tanto que chorei. Monstros incompetentes. Pra mim chega”, escreveu Isabela na época.

Por: Matheus Santos

Com informações da Revista Quem.

Facebook
Indicado para você
Veja também