Piauí

Câmara de Teresina aprova orçamento de R$ 3,8 bilhões para próximo ano

De acordo com o vereador Renato Berger, líder do prefeito na Câmara, o projeto elaborado pela SEMPLAN foi aprovado pelos 29 vereadores.
14/07/2021 10h51 - atualizado

Na manhã desta quarta-feira (14), a Câmara Municipal de Teresina aprovou o Projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (PLDO) para o ano de 2022 que prevê um orçamento R$ 3,8 bilhões em recursos que serão destinados para várias áreas.

De acordo com o vereador Renato Berger (PSD), líber do prefeito Dr. Pessoa (MDB) na Câmara de Teresina, todos os vereadores aprovaram o projeto elaborado pela Secretaria Municipal de Planejamento e Coordenação (SEMPLAN), destacando que houve apenas uma emenda apresentada pelo vereador Alan Brandão (PDT), mas que contribuiu para o projeto.

Dentre os recursos aprovados, o projeto prevê que a R$ 201.792.000,00 serão destinados para grandes obras em Teresina. Para o próximo ano, a Fundação Municipal de Saúde (FMS) receberá R$ 1.202,4 bilhão, sendo R$ 611,8 milhões de Recursos Ordinários do Tesouro e R$ 590,6 milhões de Outras Fontes de Recursos Vinculados, oriundos do SUS, Convênios da Saúde e Receitas de Prestação de Serviços Públicos de Saúde.

O projeto prevê que a Secretaria Municipal de Educação (SEMEC) irá receber R$ 762,5 milhões, sendo R$ 265,8 milhões de Recursos Ordinários do Tesouro e R$ 496,7 milhões de recursos vinculados.

Para a Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (SEMCASPI), serão destinados R$ 71,7 milhões, com R$ 52,5 milhões de fontes própria e R$ 19,2 milhões de outros recursos.

Em 2022, ficou determinado que cada um dos 29 vereadores terá R$ 1.012.000,00 para Emendas Parlamentares (EP), e para o Orçamento Popular (OP) foram destinados R$ 21 milhões de reais.

Mais na Web