Piauí

Dudu diz que CPI do transporte público terá resultado antes do prazo

O parlamentar afirmou que no dia 11 de agosto a investigação completará 90 dias das análises iniciadas pela CPI e que logo deverá apresentar um relatório para a população.
22/07/2021 19h59 - atualizado

Nesta quinta-feira (22), o vereador e presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do transporte público de Teresina, Dudu Borges afirmou que dará uma resposta aos teresinenses antes do prazo estabelecido de 120 dias.

Segundo o vereador, mesmo em recesso, vai continuar com as análises das documentações e informações recebidas pela CPI para dá uma resposta a população o quanto antes.

  • Foto: Luís Marcos/ ViagoraVereador Dudu (PT)Vereador Dudu (PT)

“Hoje nós temos no sistema de transporte público, um dos piores do Brasil e mais caro. Nós aqui, mesmo em recesso, vamos continuar as análises da documentação, analisando os números, todos os balancetes, todas as informações que chegaram até a nós da CPI, para que a gente possa dá a resposta o quanto antes”, disse.

Dudu afirma ainda que no dia 11 de agosto a investigação completará 90 dias das análises iniciadas pela CPI e que logo deverá apresentar um relatório para a população teresinense sobre o transporte público.

“Quero afirmar que a gente vai dar essa resposta antes do prazo institucional da CPI, que é de 120 dias. Em 11 de agosto iremos completar 90 dias, mas se Deus quiser, nós vamos acelerar para apresentar um relatório para a sociedade, para o povo de Teresina esse relatório que com certeza irá dá uma nova cara para o transporte público”, afirmou.

  • Foto: Luis Marcos/ ViagoraOnibus CirculandoÔnibus Circulando

De acordo com Dudu a resposta será a altura do desafio que a população quer, um transporte público de qualidade e mais em conta.

“Quando nós assumimos a presidência da CPI dos transportes públicos, a gente dizia e eu estou reafirmando que a gente vai dá uma resposta a altura do desafio que o povo de Teresina quer, que é um transporte público de qualidade, resolutivo e mais em conta”, ressaltou.

Mais conteúdo sobre:

Mais na Web