Geral

"Eu não entrei no governo para sair", diz ministro Sérgio Moro

O ministro da Justiça e Segurança Pública, revelou que é "provável" que fique na pasta os quatro anos do governo Bolsonaro.
  • DA REDAÇÃO
29/08/2019 10h30

Durante entrevista ao programa "Em foco", o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, revelou que é "provável" que fique na pasta os quatro anos do governo de Jair Bolsonaro. O programa vai ao ar na quarta-feira (4), às 21h30, na GloboNews.

Questionado se ficaria o período todo do mandato, após os recentes revezes com o presidente, o ministro disse que era uma possibilidade, mas que havia muitas especulações e que seu destino a ele pertencia.

  • Foto: Divulgação/Site LulaSérgio Moro não continuará investigando Lula e Cunha em quatro processos relacionados à Odebrecht.Sérgio Moro não continuará investigando Lula e Cunha em quatro processos relacionados à Odebrecht.

Na entrevista que vai ao ar na quarta-feira (4), às 21h30, na GloboNews o minsitro disse: "Possível, não, provável: eu não entrei no governo para sair. Entrei para ficar".

O presidente Jair Bolsonaro disse na semana passada que poderia trocar o diretor-geral da Polícia Federal (PF). O presidente disse, também que quem indica o comando da PF é ele, e não Moro.

Segundo o G1, em 2018, Bolsonaro disse que o futuro ministro teria "carta branca" para nomear e conduzir ações de combate ao crime organizado e à corrupção.

Com informações do G1

Mais conteúdo sobre:

Mais na Web