Piauí

Ministério Público denuncia advogado Jefferson Moura por estupro

O advogado, acusado de estuprar uma faxineira no seu apartamento, foi denunciado pelo promotor Antônio Charles Ribeiro de Almeida e pode pegar até 10 anos de prisão.
30/07/2021 13h52 - atualizado

O promotor Antônio Charles Ribeiro de Almeida, da 50ª Promotoria de Justiça de Teresina, ofereceu denúncia contra o advogado Jefferson Moura Costa, preso preventivamente desde o dia 15 de julho, acusado de estuprar a faxineira que trabalhava no seu apartamento, na zona Leste de Teresina.

O advogado foi denunciado com base no art. 213 do Código Penal, que tipifica o crime de estupro como “constranger alguém, mediante violência ou grave ameaça, a ter conjunção carnal ou a praticar ou permitir que com ele se pratique ato libidinoso”. A pena é de reclusão de seis a dez anos.

  • Foto: DivulgaçãoAdvogado Jefferson MouraAdvogado Jefferson Moura.

A denúncia foi juntada aos autos do processo na última quarta-feira (28) e aguarda recebimento pelo juízo de direito da Central de Flagrantes.

Sobre o caso

Na noite do dia 14 de julho, o advogado Jefferson Moura Costa foi preso em flagrante pela Polícia Militar, acusado de estuprar uma mulher no seu apartamento, localizado no bairro de Fátima, zona Leste de Teresina.

A vítima informou a polícia que no dia do ocorrido estava realizando um serviço de faxina no apartamento do suspeito, quando teria sido obrigada a realizar o ato sexual, e relatou que buscou ajuda de uma vizinha logo após sair do apartamento.

Mais na Web