Piauí

Nova reforma administrativa de Dr. Pessoa é aprovada pela Câmara

A Prefeitura de Teresina garante que a nova reforma não acarretará em novas despesas já que ela mantém o município com os custos e gastos da maneira como estava anteriormente.
28/04/2021 12h45 - atualizado

Na manhã desta quarta-feira (28), a Câmara Municipal de Teresina aprovou em segunda votação, a nova reforma administrativa do prefeito Dr. Pessoa, com 25 votos favoráveis.

Na reforma, além de mudanças na Coordenadoria de Comunicação Social haverá a criação de uma nova pasta, a Secretaria de Produção e Agropecuária.

Foram apresentadas três emendas dos vereadores Pollyanna Rocha, Paulo Lopes e Teresinha Medeiros ao projeto e que foram aprovadas durante a sessão.

De acordo com o líder do governo, Renato Berger, as emendas aprovadas são em relação as hortas comunitárias e campos agrícolas de Teresina que devem ficar com a nova pasta de Agropecuárias e quanto a parte administrativa, apenas o item sobre a parte técnica de fiscalização que já existe na Superintendência de Desenvolvimento Rural, foi questionado e deve permanecer onde está.

  • Foto: Luís Marcos/ ViagoraVereador Renato BergerVereador Renato Berger

A criação da Secretaria de Produção e Agropecuária tem como objetivo garantir que a capital piauiense tenha uma produção tanto na área da agricultura quanto na pecuária. A ideia da prefeitura é, além da produção, a realização de parcerias com outros municípios.

Outros pontos da reforma são a transferência da Coordenadoria de Comunicação da Secretaria de Governo para a Secretaria de Finanças, a criação de duas gerências na Secretaria do Meio Ambiente, criação da Coordenadoria de Transportes na Secretaria de Administração e a extinção da Coordenadoria de Parceria Público-Privada.

A Prefeitura de Teresina garante que a nova reforma não acarretará em novas despesas já que ela mantém o município com os custos e gastos da maneira como estava anteriormente.

Mais na Web