Política

Projeto proíbe a queima de fogos de artifícios ruidosos no Piauí

De acordo com dados do Ministério da Saúde, mais de 7 mil pessoas sofreram lesões decorrentes do uso de rojões nos últimos anos.
  • EZEQUIEL ARAUJO
21/10/2021 12h00

Durante a sessão plenária nessa terça-feira (19) a Assembléia Legislativa do Piauí (Alepi) aprovou o Projeto de Lei Ordinária (PLO) Nº 14/2020 que determina a proibição do manuseio e queima de fogos de artifício que produzam efeitos sonoros ruidosos.

O projeto é de autoria da deputada Teresa Britto (PV) que busca garantir o bem-estar de crianças, idosos e animais que podem ser afetados pelos ruídos.

  • Foto: Luís Marcos/ViagoraDeputada Teresa BritoDeputada Teresa Brito

Os fogos de artifício barulhentos, bem como rojões, prejudicam a paz e a tranquilidade do ser humano e de animais. Estudos também indicam que o estrondo pode alcançar 150db, o que pode resultar em problemas auditivos severos. Nos animais o impacto dos fogos de artifício é bem pior, como vômitos, ansiedade, convulsões, taquicardia e medo constante.

De acordo com dados do Ministério da Saúde, mais de 7 mil pessoas sofreram lesões decorrentes do uso de rojões nos últimos anos.

Mais na Web