Saúde

Samu atendeu 100 pessoas por dia em Teresina durante a pandemia

Segundo dados divulgados pela Prefeitura de Teresina, o Samu atendeu 10.357 pessoas em situação de urgência na capital, no período de março a junho.
22/07/2020 17h00

Entre março e junho deste ano o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) de Teresina contabilizou atendimento a 10.357 pessoas em situação de urgência, o que representa uma média de 101 ocorrências por dia. Desse total, as urgências clínicas foram os casos mais recorrentes (4.409). Os casos de Covid-19 ficaram em segundo lugar no ranking, sendo registrada assistência a 1.800 pessoas com quadro suspeito ou confirmado da doença.

Segundo Patrícia Marques, servidora do setor de estatística do órgão, durante a pandemia houve aumento em 300% das ligações para o 192, se comparado ao mesmo período do ano passado. “O Samu também atendeu 1.354 pessoas vítimas de acidente de trânsito, além de usuários em situação de urgência psiquiátrica, obstétrica e traumática. As equipes também realizaram a transferência de pacientes graves de um hospital para outro”.

A diretora geral do órgão, Francina Amorim, informa que o Samu adotou novos protocolos durante a pandemia do coronavírus. “Foram realizadas várias medidas para aperfeiçoar o serviço, como acréscimo de duas ambulâncias específicas para atender sintomáticos gripais, reforço da higienização das viaturas, pulverização das vestimentas dos socorristas, treinamento das equipes e afastamento dos servidores que integravam o grupo de risco para a doença”.

Ela explica ainda que o Samu tem se destacado a nível nacional e que o serviço contribui significativamente para aumentar a sobrevida dos pacientes. “O nosso Samu foi o primeiro do Brasil a implantar núcleo de segurança do paciente e foi pioneiro no Nordeste a criar projeto de Libras. Além disso, tem materiais de alto custo e que são utilizados em poucos SAMUs do país, como medicamento que reverte infarto agudo do miocárdio”.

O Samu é um programa do Governo Federal, administrado pela Prefeitura de Teresina, que presta socorro em casos de urgência e emergência. Atualmente, dispõe de 09 ambulâncias básicas, 04 ambulâncias avançadas, 02 motolâncias e 01 central de regulação, local que atende os chamados do 192 e que reúne profissionais telefonistas, médicos reguladores e rádio-operadores que se comunicam constantemente com as ambulâncias através do sistema de rádio.

Mais na Web