Polícia

"Trabalhamos para concluir inquérito", diz Barêtta sobre morte de Firmino

De acordo com o delegado, a investigação possui o prazo de 30 dias para ser concluída, podendo ser prorrogada por mais 30 dias se houver necessidade.
21/04/2021 06h55 - atualizado

Nessa terça-feira (20), o Coordenador do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), delegado Francisco Costa, o “Barêtta”, falou ao Viagora sobre o andamento do inquérito que investiga a  morte do ex-prefeito Firmino Filho.

De acordo com Barêtta, a polícia está fazendo o possível para que as investigações possam ser concluídas antes do prazo. “Eu posso afirmar que nós estamos trabalhando para concluir no espaço dos 30 dias ou até antes do prazo”, destacou.

  • Foto: Luís Marcos/ViagoraDelegado Barêtta, coordenador do DHPP.Delegado Barêtta, coordenador do DHPP.

Conforme o delegado, o inquérito possui o prazo de 30 dias para ser concluído, podendo ser prorrogado por mais 30 dias se houver necessidade.

Ainda de acordo com o coordenador, todo o trabalho de investigação está sendo realizado com bastante precisão, para dar a sociedade uma resposta sem qualquer abertura para suposições.

“A gente tem que contextualizar todas as informações e materializar no inquérito policial para que quando concluir o inquérito a gente dê uma resposta a sociedade, com seriedade e com responsabilidade, sem lações ou suposições”, finalizou.

Mais na Web