Polícia

"Todas informações foram avaliadas", diz Barêtta sobre morte de Firmino

O Coordenador do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), disse que o inquérito tem até 30 dias para ser concluído.
15/04/2021 17h15 - atualizado

Nesta quinta-feira (15), o Coordenador do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), delegado Francisco Costa, o “Barêtta”, falou sobre o andamento do inquérito que investiga a morte do ex-prefeito de Teresina Firmino Filho.

De acordo com o delegado, o inquérito tem até 30 dias para ser concluído, mas que o resultado pode ser divulgado antes do prazo. “Nós temos 30 dias para concluir o inquérito, podendo ser prorrogado ou não, dependendo da necessidade".

  • Foto: Luís Marcos/ViagoraDelegado Barêtta, coordenador do DHPP.Delegado Barêtta, coordenador do DHPP.

De acordo com a polícia, todo o trabalho que  envolve a investigação  está sendo realizado com bastante precisão, para não restar dúvidas do resultado.

O delegado disse ao Viagora que todas as informações acerca do caso estão sendo averiguadas. “Todas as informações foram avaliadas para os autos do inquérito, todas informações necessárias ao esclarecimento do fato estão no inquérito policial. A gente tem que contextualizar tudo para materializar no inquérito e remeter para o Poder Judiciário”, disse.

Segundo Barêtta, a investigação está sendo feita com todo o cuidado que o caso requer. “A investigação está sendo prosseguida com toda a metodologia, todas as peças que mandam a boa investigação para esclarecer o fato, com toda sua plenitude. Vamos no momento oportuno concluir o inquérito e remeter ao Ministério Público e Poder Judiciário”, finalizou.

Mais na Web