Viagora

“Teremos um pré-candidato do PSL até o fim do ano”, diz Luís André

Segundo o presidente estadual do PSL no Piauí, a candidatura majoritária na capital é uma orientação da executiva nacional do partido.

Apesar de fazer parte da base aliada do prefeito Firmino Filho (PSDB), o PSL mantém o seu posicionamento e terá uma candidatura ao Palácio da Cidade nas eleições municipais de 2020.

De acordo com o presidente do diretório estadual do partido no Piauí, vereador Luís André, a candidatura própria é uma orientação da executiva nacional da legenda e o diretório do PSL no Piauí irá cumpri-la.

  • Foto: Facebook/Luís AndréVereador Luís AndréVereador Luís André (PSL).

“Nós tivemos uma reunião e ficou decidido que a executiva municipal irá se reunir no dia 29 para deliberar dois pré-candidatos, que é o empresário Walter ‘Rei das Motos’ e a advogada Rubenita Lessa”, disse em entrevista à TV Cidade Verde.

O vereador mencionou que a crise interna do PSL a nível nacional, com um desentendimento entre o presidente nacional da legenda, deputado Luciano Bivar, e o presidente da República, Jair Bolsonaro, pode afetar a indicação do nome do pré-candidato em Teresina.

“A Rubenita é ‘bolsonariana’, e sempre manteve a sua postura de que caso o presidente Bolsonaro saia do partido, ela o acompanhará. Ela pediu para esperarmos os acontecimentos e no próximo mês de novembro nós vamos deliberar. Vamos colocar as pesquisas, porque as pesquisas que vão indicar o caminho para o candidato do PSL. Até o final do ano, queremos escolher o candidato que vai representar o partido em Teresina”, relatou.

Luís André ainda comentou que o objetivo da sigla para as eleições municipais é eleger, no mínimo, quatro parlamentares para a Câmara Municipal de Teresina. “Nós já temos 23 pré-candidatos e vamos chegar a 43 pré-candidatos a vereador em Teresina. Nosso objetivo é eleger três e até quatro vereadores na capital em 2020”, finalizou.

Facebook
Indicado para você
Veja também