Viagora

Delegado Anchieta tem prisão preventiva mantida pela Justiça

O juiz José Olindo Gil Barbosa determinou que o delegado Anchieta Pontes, preso no dia 26 de dezembro, continue detido. O delegado também pode responder por processo administrativo.

Na sexta-feira (27) o delegado Anchieta Pontes, suspeito de agredir com golpes de faca uma mulher com a qual manteve um relacionamento extraconjugal por quatro anos, teve a prisão preventiva mantida pelo juiz José Olindo Gil Barbosa, da 5ª Vara Criminal.

  • Foto: DivulgaçãoDelegado Anchieta PontesDelegado Anchieta Pontes.

A prisão do delegado foi mantida em audiência de custódia, após ser avaliado prática de tortura na condução do delegado preso, o que não foi constatado. O juiz determinou que o delegado fique detido no 10º Distrito Policial.

O delegado Anchieta Pontes foi preso na última quinta-feira (26), em uma casa na zona Leste de Teresina. Além da investigação criminal, o delegado também pode responder processo administrativo pela Corregedoria da Polícia Civil. De acordo com o corregedor-geral da Polícia Civil, delegado Emir Maia, o processo admirativo seria instaurado na sexta-feira (27), e pode gerar sanções e expulsão da polícia.  

Facebook
Indicado para você
Veja também