Viagora

Laudo aponta que carro de Pablo Campos estava acima de 80 Km/h

A defesa do empresário encaminhou nesta terça-feira (7), o pedido de liberdade provisória alegando que já ultrapassou o prazo da primeira fase processual.

O resultado do laudo pericial comprovou que o veículo conduzido pelo empresário Pablo Campos, acusado de atropelar a então namorada Anuxa Kelly e matar a enfermeira Vanessa Carvalho, estava acima de 80 Km/h.

  • Foto: Arquivo PessoalPablo Henrique e Anuxa Kelly. (destaque)Pablo Henrique e Anuxa Kelly.

Vídeos capturados por câmeras de segurança da Avenida Homero Castelo Branco com a Rua Cláudio Soares Brito, local da ocorrência, foram cruciais para a determinação da velocidade do Jeep Renegade conduzido por Pablo.

Essa comprovação é uma chave importante para o desdobramento do caso, pois de acordo com a acusação, a velocidade em que o acusado estava com o veículo evidencia ainda mais que Pablo tinha a intenção de matar.

“Isso só comprova a autoria do feminicídio. Porque se na velocidade com 60 Km/h uma pessoa pode ficar gravemente ferida, imagine com 80 Km/h”, disse a advogada de acusação Lina Brandão em entrevista ao Viagora.’’

Pedido de liberdade

Na terça-feira (7), a defesa do empresário Pablo Henrique Campos Santos protocolou um pedido de liberdade provisória para converter a prisão preventiva do acusado. A defesa alega que já ultrapassou o prazo da primeira fase processual do Júri Popular, que é de 90 dias.

O pedido da defesa será encaminhado para parecer, mas segundo a acusação isso não significa que o pedido será aceito.

“Todo mundo tem direito a fazer o pedido de liberdade provisória, no entanto isso não significa que a Justiça vá conceder. Até o momento nenhum novo fato foi apresentado que justifique a mudança do entendimento da Justiça”, afirmou Lina Brandão.

Sobre o caso

No dia 29 de setembro do ano passado, o empresário Pablo Campos estava na companhia da então namorada Anuxa Kelly e de sua amiga, a enfermeira Vanessa Carvalho, em uma festa de casamento.

Pablo e Anuxa se desentenderam e iniciaram uma discussão, ela então decidiu ir embora com a amiga. Nesse momento, o empresário entrou no em seu carro modelo Jeep Renegade e saiu em alta velocidade na direção das duas que caminhavam em direção a um outro veículo para irem embora.

  • Foto: DivulgaçãoVanessa Carvalho morreu atropelada em TeresinaVanessa Carvalho morreu atropelada em Teresina.

Vanessa e Anuxa foram atingidas pelo carro de Pablo, a enfermeira não resistiu aos ferimentos e morreu, já Anuxa ficou internada com ferimentos e recebeu alta pouco tempo depois 

Mais conteúdo sobre:

Teresina

Piauí

Vanessa Carvalho

Facebook
Indicado para você
Veja também