Viagora

HGV e Justino Luz são referências em atendimento, diz Fepiserh

Conforme a fundação, em 2021, o Hospital Getúlio Vargas (HGV) realizou uma média de 50 cirurgias por dia e 10 mil atendimentos ambulatoriais por mês.

Conforme a Fundação Estatal Piauiense de Serviços Hospitalares (Fepiserh) a estrutura física do Hospital Getúlio Vargas, em Teresina, e do Hospital Justino Luz, em Picos, melhoraram, aumentando a capacidade de atendimento das duas unidades.

Conforme a fundação, em 2021, o Hospital Getúlio Vargas (HGV) realizou uma média de 50 cirurgias por dia e 10 mil atendimentos ambulatoriais por mês, além de 600 exames mensais.  O hospital ainda realizou 40 transplantes renais.

  • Foto: Divulgação/Governo do PiauíLeito do Hospital Getúlio Vargas (HGV)Leito do Hospital Getúlio Vargas (HGV)

Ainda de acordo com a Fepserch, o HGV também implantou em 2021 o serviço de cirurgias cardíacas, tornando-se o primeiro hospital público do Estado a realizar esse tipo de procedimento, antes realizado somente na rede privada credenciada pelo SUS.

A Fundação Estatal informou ainda que em Picos, o Hospital Justino Luz vivenciou um marco histórico com a implantação das cirurgias por videolaparoscopia, um procedimento moderno, menos invasivo, que reduz o tempo de recuperação e proporcionou aumento na rotatividade dos leitos da unidade de saúde. 

Facebook
Indicado para você
Veja também