Viagora

Dudu declara que PL não deve fazer parte das alianças do PT

O vereador da cidade de Teresina falou sobre o assunto durante entrevista nesta terça-feira (07).

O vereador Dudu Borges (PT), falou na manhã desta terça-feira (07) sobre a situação dos membros do PL que integram a base do governo no Piauí, ele afirma que a sigla não deveria fazer parte do leque de alianças do PT.

Para Dudu Borges se a decisão dependesse de sua escolha o PL estaria fora das possibilidades partidárias para firmar aliança com o PT, ele afirma que com a filiação do presidente da república Jair Bolsonaro nessa última terça-feira (30), o partido deve ficar fragilizado.

  • Foto: Luis Marcos/ ViagoraVereador DuduVereador Dudu

“Eu sou um democrata de natureza e de formação, sou um dos fundadores do PT1 e para você fortalecer a democracia é preciso fortalecer os partidos. Essa história de dizer que o PL nacional tem uma cabeça e no Piauí tem outra direção, isso para mim não existe, para mim pessoalmente, se dependesse da determinação do Dudu, filiado do PT e vereador de Teresina, o PL já está fora do nosso leque de alianças, não estou dizendo que os lideres do PL hoje estão fora, mas agora quem quiser seguir dentro do PL para mim está fora do nosso leque de aliados", declarou o vereador.

Dudu Borges destacou que a sigla tem "cara nacional" e reiterou que membros do partido que quiserem permanecer aliados ao PT devem sair da sigla sob pena de fragilizar o partido e, consequentemente, a democracia.

“Quem quiser continuar conosco nessa marcha do Piauí para frente tem que sair do partido, sob pena da gente querer fazer com que o partido ficará fragilizado e se você fragiliza um partido está fragilizando também a democracia. E essa história de que uma resolução vai permitir que você vote em outras tendências isso não existe, o partido não é municipal, ele tem cara nacional”, finaliza.

Facebook
Indicado para você
Veja também