Viagora

Famílias desabrigadas por chuvas são transferidas para escolas em Teresina

De acordo com a Semcaspi, as famílias foram transferidas para novas unidades por conta da realização da prova do concurso da Polícia Militar e também pelo início do ano letivo.

  • Luis Marcos/ Viagora Famílias abrigadas na escola municipal Minha Casa 1 / 6 Famílias abrigadas na escola municipal Minha Casa
  • Luis Marcos/ Viagora Famílias abrigadas na escola municipal Minha Casa 2 / 6 Famílias abrigadas na escola municipal Minha Casa
  • Luis Marcos/ Viagora Maria Luzia Carvalho, Agente de proteção social 3 / 6 Maria Luzia Carvalho, Agente de proteção social
  • Luis Marcos/ Viagora Famílias abrigadas na escola municipal Minha Casa 4 / 6 Famílias abrigadas na escola municipal Minha Casa
  • Luis Marcos/ Viagora Famílias abrigadas na escola municipal Minha Casa 5 / 6 Famílias abrigadas na escola municipal Minha Casa
  • Luis Marcos/ Viagora Famílias abrigadas na escola municipal Minha Casa 6 / 6 Famílias abrigadas na escola municipal Minha Casa

Nessa quarta-feira (26), as famílias desabrigadas em razão das fortes chuvas foram transferidas para outras escolas, localizados na zona Norte de Teresina.

O Viagora esteve na Escola Municipal Minha Casa, um dos locais de acolhimento, nesta quinta-feira (27) e falou com uma das pessoas que estão abrigadas no local, que preferiu não se identificar, sobre a situação atual.

“Escola não é casa, não é a mesma coisa de estar e ter sua própria casinha’’, desabafou um teresinense que teve sua residência invadida pelas águas devido aos alagamentos.

De acordo com a agente de proteção social, Maria Luzia Carvalho, as seis famílias instaladas na escola são dividas em quartos separados, onde podem colocar seus objetos pessoais.

Conforme a agente, as famílias recebem doações, cestas básicas e alimentação diária no local, além de um acompanhamento com uma assistente social e um educador que realiza atividades com as crianças.

Ainda de acordo com Maria Luzia, as famílias devem continuar na escola por alguns meses. “A Semcaspi ainda está vendo a questão dos terrenos para a construção das casas, então ainda irá demorar um pouco, uns meses’, explicou.

De acordo com a Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi), as famílias foram transferidas para novas unidades por conta da realização da prova do concurso da Polícia Militar e também pelo início do ano letivo.

Segundo a Semcaspi,  as escolas escolhidas para promover o acolhimento destas famílias, que antes era a Escola Municipal Tia Jane e a Escola Municipal Helena Medeiros, foram trocadas pelas Escolas Municipais Minha Casa e Nova Brasília, por estas terem espaços mais amplos e com maior número de salas.

A prefeitura informa que as famílias que moram em áreas de risco devem, em caso de emergência, acionar a Defesa Civil Municipal por meio do 199, para que ocorra o monitoramento da residência e o cadastro inicial. O atendimento da Defesa Civil Municipal é 24h.

Mais conteúdo sobre:

Teresina

Piauí

Semcaspi

Facebook
Indicado para você
Veja também